Sesc realiza 'II Seminário de Envelhecimento Humano' em alusão ao Mês da Pessoa Idosa

Para concluir a programação do mês do idoso, nesta terça-feira, 30, às 14h30, o Teatro Jaber Xaud (Sesc Mecejana) será palco para o 'II Seminário de Envelhecimento Humano'. O evento contará com mesa redonda, relatos de experiências e apresentações culturais. As inscrições podem ser realizadas gratuitamente no local do evento.

O Dia Internacional do Idoso comemorado anualmente em 1º de outubro, foi instituído em 1991 pela Organização das Nações Unidas (ONU), com o objetivo de sensibilizar a sociedade para a necessidade de proteger e cuidar a população idosa. Para marcar a data, o Sesc Roraima realizou durante todo o mês uma série de atividades alusivas à saúde, bem-estar e direitos da pessoa idosa.

A programação começou logo no dia 1°, com um culto ecumênico realizado no Teatro Jaber Xaud do Sesc Mecejana. O momento contou com a participação de líderes das religiões católica, evangélica e espírita, além da presença dos idosos atendidos pelo Grupo Social Luz da Vida.

Em seguida, no dia 2, eles participaram de uma roda de conversa com os alunos da Escola Sesc, onde puderam trocar experiências e reflexões sobre a  vida. Entre os dia 8 e 18 de outubro, o público da terceira idade pôde aprender a criar e utilizar perfis em redes sociais e e-mail, com um curso de informática.

Mesa Brasil - Conheça o programa que atua há 15 anos em Roraima

Coleta e distribuição de alimentos excedentes ou fora dos padrões de comercialização e a diminuição de desperdício fazem parte do dia a dia do Programa Mesa Brasil. Mas na prática, o que isso representa? Significa alimentos de qualidade na mesa de centenas de famílias cadastradas em Roraima. 

O Mesa Brasil, coordenado pelo Sesc, completou 15 anos de implantação e neste período, totalizou 4.987.898,038 toneladas de alimentos arrecadados. Toda a doação é feita por empresários e produtores locais, que acreditam na  importância do programa e na certeza de promover qualidade de vida às famílias mais necessitadas. 

"Recebemos o auxílio do programa há aproximadamente 6 anos. Vi um carro na rua escrito o nome do Mesa Brasil e um amigo me informou que poderia saber mais no Sesc. Quando comecei no projeto as portas se abriram para nós, hoje eu digo sem medo de errar: se não fosse o Mesa Brasil seria muito difícil desenvolver nossas ações. Temos cerca de 100 famílias cadastradas no nosso projeto, às vezes recebo mensagem de quem eu nem conheço agradecendo, mas esse é o pagamento", disse Raimundo Batista Dantas - Presidente do Projeto Bom Samaritano.

"Solidariedade! Se há uma maneira de tornarmos o Mundo mais justo e mais igualitário é disseminando este sentimento nos corações humanos. O Mesa Brasil é um programa que nos possibilita multiplicar boas ações em prol dos que, hoje, necessitam de um olhar mais atento e mais fraterno", declarou Andréa Magnavacca, diretora regional do Sesc Roraima.

MISSÃO - Além do combate ao desperdício de alimentos, a missão do Mesa Brasil abrange a promoção da ação social, o incentivo ao trabalho voluntário e a valorização da pessoa humana, contribuindo diretamente para a melhoria da auto-estima da família roraimense. Seja voluntário desse projeto, mande um whats para 98403-4764 e saiba mais.

Alunos da Escola Sesc recebem estudantes da Comunidade Indígena Bananal

Os alunos do Ensino Fundamental da Escola Sesc receberão nesta terça-feira (23), às 8h30, no Teatro Jaber Xaud, estudantes da Escola Estadual Indígena Tuxaua Bento Louredo da Silva, da comunidade indígena Bananal, localizada no município de Pacaraima (214km da capital, Boa Vista). A visita representa a segunda etapa do projeto 'Entre idas e vindas: Cartas que entrelaçam', desenvolvido durante o ano de 2017.

Acompanhados por professores, os estudantes de Pacaraima participarão de programação extensa, com roda de conversa, apresentação cultural, tour pelas instalações do Sesc Mecejana e oficina realizada com alunos do Ensino Médio da Escola Sesc. 

"O projeto é enriquecedor para os alunos de várias formas", afirma Dalila Barbosa, supervisora do Ensino Fundamental II. "Nessas cartas os jovens trocam experiências sobre sua rotinas, vida escolar e experiências de vida em geral, exercitando a escrita e realizando esse intercâmbio de realidades", concluiu.

O PROJETO - Entre abril e agosto de 2017, alunos das turmas do 7° ano da Escola Sesc trocaram cartas com alunos da comunidade indígena Bananal, do município de Pacaraima. Nas cartas, identificadas apenas por código, os estudantes contavam suas histórias e compartilhavam um pouco das suas realidades. No último dia 2 de outubro, esses estudantes tiveram a oportunidade de se conhecer, em um encontro no Sesc Mecejana.

 

RECENTES

18
Fev2019
Incentivo à Leitura - BiblioSesc inicia circuito nas escolas municipais
12
Fev2019
Sesc abre inscrições gratuitas para seleção de projetos culturais
04
Fev2019
OdontoSesc chega ao bairro Cauamé
25
Jan2019
Sesc Ler - Seguem abertas as inscrições para Educação de Jovens e Adultos (EJA)
14
Jan2019
Sesc abre inscrições para atividades esportivas e culturais
21
Dez2018
Esporte + Lazer = #VemProSesc

LOCALIZAÇÃO