No Dia Internacional da Síndrome de Down, colaborador do Sesc conta sua experiência de trabalho

Rafael Cordovil Barbosa, de 25 anos, é colaborador do setor administrativo do Sesc. Ele afirma que a deficiência não foi motivo para limitações em sua vida. "As pessoas precisam compreender que nós conseguimos realizar as tarefas", pontuou.

O jovem que foi admitido em maio de 2018, estudou na Escola Sesc durante toda a sua vida acadêmica, e após a conclusão dos estudos, foi contratado para trabalhar na Formação Continuada, setor administrativo do Sesc. Entretanto, por seu bom desempenho de funções, acaba sendo solicitado para ajudar em outros setores.

'Rafa', como é conhecido por todos, afirma gostar muito do que faz. “É muito tranquilo, levo e corto papeis, auxilio nas capacitações internas, e ajudo as pessoas dos demais setores”, contou. Ele aponta que tem facilidade de aprender, e por isso fica feliz por ajudar diversos setores da instituição. 

Quando questionado sobre o Dia Internacional da Síndrome de Down, afirma que ter um cromossomo a mais não impede ninguém de atuar no mercado de trabalho. "Temos sim condições de trabalhar, e é importante ter este espaço", disse.

Ele mora com a mãe e três irmãos. Um deles, é o caçula, Miguel. É seu fiel companheiro em atividades culturais, uma das paixões de Rafael. Dentre elas estão as aulas de violão e teclado. Além da música, ele ama esportes, como o box, futebol e vôlei, sendo este o favorito.

Os colegas de trabalho apontam que o auxiliar administrativo tem uma marca registrada: os abraços. Bruna Alves, colaboradora do recursos humanos, conta que a presença de Rafael alegra a sala e o cotidiano dos servidores. “Sempre estamos focados em questões burocráticas e em coisas que precisam de bastante atenção, então quando o Rafa chega na sala, ele acaba trazendo a felicidade e esse contato amoroso com a gente”, afirmou.

Dia Internacional da Síndrome de Down - De acordo com o site do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, o Dia Internacional da Síndrome de Down, celebrado em 21 de março, faz alusão aos 3 cromossomos no par número 21, característico das pessoas com Síndrome de Down. A data está no calendário oficial da Organização das Nações Unidas (ONU), sendo comemorado pelos 193 países-membros da ONU e tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância da luta pelos direitos igualitários.

 

RECENTES

21
Jun2019
Recreação - Inscrições abertas para Brincando nas Férias 2019
10
Jun2019
Atleta roraimense de 17 anos representará Roraima na Copa Pacífico
29
Mai2019
Mesa Brasil realiza oficina de aproveitamento integral de alimentos
27
Mai2019
Sesc reinaugura Estância Ecológica em Tepequém, um dos maiores polos turísticos de Roraima
24
Mai2019
Aprenda como utilizar integralmente os alimentos com receitas do Mesa Brasil
20
Mai2019
#ParaCopa-JinSesc - Sesc promove semana inclusiva com atividades Paradesportivas